Junho 2017

Quando não dá nada… O saca grades entra em acção!
por Filipe Pantana» 26 jun 2017, 21:08

Ora Viva! Numa segunda feira, de folga, tempo farrusco e ventinho à mistura não pensei nem meia vez para ir aquela que tem sido a minha charca habitual esta época. Chegando lá, preparo as minhas duas canitas e lá vai ele à procura deles! A procura começa, continua e dura e dura e dura e nem raio de toque e nem peixe nenhum à vista sequer! E vai de lagostins, vai de flukes, vai de cranks, vai de spinnerbait e nem o raio que o parta de um ataque e já tinha palmilhado metade da charca. Então penso, isto está é a precisar de um saca grades a ver se mexe qualquer coisa… 1º lançamento para os juncos, nada… 2º… PIMBA! assim que o ferro e ele começa às cabeçadas deu logo para perceber que não era um peixe de 2kg mas tb não era um piquenino. Lá saco o gajo e voilá!

Cana: Vega akada antrax crank 7’4″Mhc
Carreto: daiwa tatula ct-r
Amostra: rapala rattlin na cor lagostim
Fio: parece-me que é um trilene0.30mm

Insisto mais um bocado e nem mais um toque no Ratlin da Rapala, entretanto pego na outra cana que estava à texas weightless e assim que abro a caixa das amostras, vejo lá um senko dourado, a brilhar para mim como se fosse sinal divino e empato-o à wacky style! Tenho vários toques mas tudo peixe miúdo… E entretanto há um que já não é assim tão miúdo e pimba “férrazio!”

Cana: Vega akada antrax 7’2″mhs
Carreto: shimano exage 2500
Amostra: senko da yamamoto à wacky
Fio: acho que o trilene 0.28mm

Entretanto depois estava lá de namoro com um grandalhão de 1.5kg/2kg mas veio um chico esperto com uns waders e entrou dentro de água para me espantar o peixe.

Ou seja, já deu para ficar com o cheiro nas mãos e passar bem a tarde!

E venha lá esse convívio do achigã a um dia que não esteja a trabalhar…

Facebooktwittergoogle_plus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *