Junho 2018

A minha 1ª vez

por Pedro Vieira» 22 jun 2018, 17:45

Acabadinho de chegar da minha primeira pesca ao spinning com Vinil. Apesar de já pescar há bastantes anos, sempre á boia, esta foi a minha 1ª vez, e achei que era justo vir aqui retribuir todos os ensinamentos que bebi deste forum, com este relato. Obrigado a todos.

De manha fui até ao Norte da Ericeira, levei a minha pequena cana de spinning, 2.10m, mas o mar estava maior do que eu esperava para pescar com aquela caninha. Decidi ir até ao pontão, sabia que não ia apanhar nada quase de certeza, mas ia sentir o trabalhar das amostras e os lançamentos. As que levei foram todas á agua. Foi proveitoso poder ter aquele “test drive” sem a pressão de procurar o peixe. Vi a previsão e decidi, ás 14h tens que estar naquele sitio que tanto gosto, mas vou levar o material do buldo, pode ser que consiga pescar. Dito e feito, ás 14 estava a ver o mar, continuava a bater com força na rocha… mas… estava mesmo a pedir. As águas estavam lusas mas com zonas bastante mexidas e oxigenadas, mesmo como o nosso amigo gosta.

Vi que havia bastante percebe e mexilhão na rocha, era bom sinal. Não resisti, apesar desta cana ser mais rija que o indicado, lá montei um Black Minnow branco com cabeça vermelha, e como não precisa de grande trabalho da cana, lá comecei a lançar entre as pedras. A maré já estava a vazar e o mar a com metro e meio a crescer, aproveitava a calmaria entre um set e outro e lançava para lá das ondas. Ao fim de uns 15 minutos sinto um valente puxão, ferrei… e ficou. Puxei o peixe por entre as pedras e aproveitando as ondas para ganhar alguns metros, arrancou 2 vezes e quebrou. Trouxe-o até aos pés .. esperei pela onda e coloquei-o a seco. Era o meu 1º Robalo ao spinning. Brutal! Um robalote de 1kg. Tive muita sorte, ja na rocha o peixe soltou-se, o anzol desengatou do cabeçote e o vinil estava rasgado. Lembrete: Colar o vinil ao cabeçote.

Como o vinil ficou em muito mau estado coloquei um kaki pailletté, fazia sentido, ali nas rochas há muitos cabozes e a cor é mais ou menos aquela. Fiz uns 4 ou 5 lançamentos para o mesmo sitio, e lá vinha o 2º, deu menos luta, era mais pequeno 700gr e a cima da medida.

Insisti no kaki mas a maré baixou mais um pouco e deixei de sentir peixe. A minha pesca estava feita!

Cá vai a ficha tecnica:
– A cana, como disse anteriormente era totalmente desadequada, uma “velhinha” Vega COCOON Buldo Series de 4.00m com acção de 100gr. Digo “Velhinha” porque é uma cana que está nova mas que tenho á mais de 10 anos e que nunca tinha pescado com ela. Foi uma oferta de uma época em que colaborei com a Vega e com a revista Mundo da pesca, outros carnavais…

– O carreto um Shimano Catana 2500 com um multi comprado na Decathlon, visto ser a 1ª vez que usei este tipo de linha, Carplan 0.20 Dyneema orange 8x. Por acaso estou a gostar do fio, mesmo com azelhices, até agora sempre bem e sem cabeleiras.

– O estralho com 1m de Fluoro 0,35 Gorilla UC-4

– As amostras como já descrevi, Black Minnow 120 com cabeçote de 12gr cor Branco c/ cabeçote vermelho e kaki Pailletté.

Facebooktwittergoogle_plus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *