header principal

Em 3 actos
por André Machado» 17 mai 2015, 15:12
 
ACTO 1º

Relatos de pesca sem vídeos tem sido raros por estes lados. Relatos de pescarias no mar idem. Grades sem fim é uma das causas para a 2ª frase. Este ano vinha sendo fraquíssimo em termos de capturas de robalos, no seguimento de um ano de 2014 igualmente fraco. Este ano no currículo tinha apenas um robalo kileiro e dois mikis do tamanho de trutas de ribeiro J, devolvidos claro. Pois bem, as coisas parece que repentinamente mudaram. E é isso que vos venho relatar. Combinei uma saída com o Tozé. O objectivo era o mesmo de dezenas e dezenas de vezes. Fazer o fim da tarde e inicio da noite, com o virar da maré. Atrasamo-nos um pouco à conversa com alguns colegas da borracha que comentavam só terem saído um par de peixes pequenos. Munidos dos nossas Lateos e dos nossos Certates e, apostando nos vinis para variar, lá começamos. Passado pouco tempo, e já de noite, o Tozé diz que sim. Estava ali o primeiro, um peixe já de bom tamanho, que deu uma luta engraçada dada a força do mar. Deveria ter perto do 1,5kg.

Animados pela captura, pensamos logo que andassem por ali. Mas naquele local era filho único. Viramos mais a sul para um pesqueiro que já nos deu várias alegrias e varejámos durante um bom pedaço. Mas a maré ainda não tinha descido o suficiente para chegarmos ao local do crime J. Passado pouco tempo, e já com a maré permitindo pescar onde queriamos, um guloso quis um shot de tequila e pimbaaaaaa, toca de me por à prova. Uma cabeçada e cana toda vergada. Percebi que poderia ser um bom peixe mas não imaginei. Repentinamente, o japonês começa a assobiar, zzzzzzzzzzzzzzz e mais zzzzzzzzzzzzzzzz e mais zzzzzzzzzzzzzz e mais…..caneco, era bicho de respeito certamente. O mar estava forte e foi complicado. A noite escura não deixava ver o peixe. O tozé lá me ia dando indicações. Mantive-me calmo. Momentos antes da captura tinha pedido aos céus um peixinho “engraçado” e estava ali a resposta. A cana e carreto respondiam à altura e passado uns minutos diz o Tozé quando o peixe lhe bate nas pernas: “O que é isto pah??!!!! até me assustei” J. Que grande bicho!

Era um animal imponente. Um robalo lindo, enorme, com uma cabeça e lombo enormes, peixe para mais de 6kg. Eu só dizia: “O que é isto?, Que grande bicho!!!!! “ Entrou num vinil Bexafish Kay Tequila Sunrise, para variar. Confio muito neste vinil para pescar de noite. Esta cor é a que mais capturas me tem dado mas também é a que uso mais J. Fiquei muito feliz com esta captura. Desde Agosto do ano transacto que não tinha uma captura de alguma dimensão. E soube mesmo bem. Com a confiança em alta lá continuámos já na companhia do André Rodrigues e do Alexandre. Repentinamente o Tozé dá de novo sinal e novamente um bom peixe! Dizia ele: “É dos grandes, é dos grandes!”. Realmente a cana toda vergada e o carreto a assobiar confirmavam-no. O peixe tinha força e carregou para sul, o Tozé já não via nada nem ouvia ninguém. Só o peixe lhe importava J. Quase que ia entrando dentro do mar atrás do peixe tal era o entusiasmo. Bom, depois de “subir e descer pela areia” varias vezes lá conseguiu guiar o peixe aproveitando uma onda para o colocar a seco. Era de facto mais um exemplar de respeito. Ligeiramente menor que o peixe anterior mas um peixe espectacular também. A cor Tequila Sunrise continuava a dar frutos ;

toze robalo 1

andre robalo 1

trio robalos

toze andre robalos

abertura achiga barragem carril 2015

Com o propósito e cumprindo alguns dos objectivos do PCA, como por exemplo: a divulgação da pesca aos predadores em águas interiores. A pesca consciente e responsável, a devolução dos exemplares capturados ao meio natural. Desenvolver a camaradagem, entreajuda e espírito desportivo entre os membros PCA, bem como o convívio e a amizade, vamos realizar na próxima quarta-feira que coincide com o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, dia 10 de Junho de 2015, mais um Evento PCA de Pesca ao Achigã, na Barragem do Carril em Tomar.

Licenças: As licenças individuais necessárias para a pesca na barragem do Carril, serão pagas pelo PCA.

Almoço/Convívio: O PCA oferecerá o almoço (churrascada), bebidas, frutas...etc.
Prémios: Vamos oferecer um brinde a cada participante.

Pensamos que vão estar assim reunidas todas as condições para mais um fantástico Encontro PCA que certamente como muitos que já realizamos, perdurará por muito tempo nas nossas memórias. Uma oportunidade para revermos amigos e para desfrutarmos de um fantástico dia de pesca, de convívio e de camaradagem.